A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Silent League, the
Título: The Orchestra, Sadly, Has Refused
Ano: 2004
Editora: File-13 Records
Formato: CD

Diga-se desde já que «Sadly, the Orchestra Has Refused» é um excelente disco pop! Pop orquestral, com elegante secção de cordas e com o papel de liderança entregue ao piano.

Justin Russo, o criador dos The Silent League, emerge agora das sombras dos Mercury Rev, grupo que acompanhou em estúdio e ao vivo por altura dos aclamados «Deserter's Songs» e «All Is Dream». Aos poucos foi criando um conjunto sólido de composições, simples mas meticulosas, adornadas com arranjos que alternam o sumptuoso com o angélico, a melodia com a energia, que se conjugam agora num álbum de luz e trevas, de celebração e dramatismo, de euforia e melancolia. Um álbum que consegue ganhar um difícil espaço próprio junto de outros, de bandas como os referidos Mercury Rev, mas também Flaming Lips, Cousteu, Tindersticks, Grandaddy ou Poliphonic Spree, com quem os The Silente League partilham algumas afinidades.

Para o álbum Russo contou com as ajudas dos amigos Sam Fogarino (Interpol), Sean "Grasshopper" Mackowiack e Suzanne Thorpe (Mercury Rev) e Bill Whitten (Grand Mal), contando assim com uma excelente contribuição para o resultado final. A ouvir obrigatoriamente!

     
Temas   1. The Orchestra, Sadly, Has Refused
2. Goliath
3. The Catbird Seat
4. Time
5. Breathe
6. Motion Pictures
7. Glass Walls
8. Conversation
9. New Obsession
10. Linus
11. Hey You Hurray
     
Outros discos do mesmo artista / grupo   - Of Stars And Other Somebodies | CD | 2007
- Here's A Star | Digital | 2010
   
Artistas / grupos relacionados   - Interpol
- Mercury Rev
     
www.rum.pt www.sensoria.pt