A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Tells
Título: Hope Your Wounds Heal
Ano: 2006
Editora: Fire
Formato: CD

Quem, nos últimos anos, esteve atento a música dos quadrantes quase-pop, em que a interferência de géneros e a fluência dinâmica de estilos liberalizou estruturalmente o que até aqui se entendia por sensibilidade pop, certamente deu conta de um projecto denominado Delicate Awol e dos seus álbuns «Our Genome» (2001) e «Heart Drops From The Great Space» (2003). Com o fim do projecto, o casal Jim Brook e Caroline Ross decidiu continuar a criação musical, dando início às deambulações dos Tells, apresentando agora o seu álbum-estreia.

Faz sentido tomarmos como ponto de partida para «Hope Your Wounds Heal» a genealogia dos Tells. Isto porque com fim dos Delicate Awol apenas se perdeu a respectiva secção rítmica, que nos Tells não tem seguramente a mesma importância. Ela existe, mas subalternizada por uma construção melódica que se socorre eficazmente da simples conjugação da guitarra eléctrica de Jim com as harmonizações vocais de Caroline. Uma arquitectura acústica que recebe e transforma as influências provenientes de distintos quadrantes do que se convencionou chamar pós-rock, nomeadamente ao som pop-jazzy de Chicago encabeçado pelos Tortoise, da visão negligenciadamente chique de uns Stereolab ou, principalmente, dos Broadcast, e ainda do brilho perversamente infantil da musicalidade dos Pram, trazidos à memória pelos salpicos de trompete que vão, aqui e ali, surgindo do nada.

Neste álbum de apresentação dos Tells é evidente a elaboração musical em torno de ideias frescas que, recorrendo a um minimalismo latente, desenvolvem ao limite um conjunto candente de pequenas cornucópias sonoras que se enrolam mutuamete em planantes projecções psicadélicas, constituindo cada uma delas um diferente nível de interacção com a mente criativa dos seus autores. Deste exercício equilibrado de sensibilidade musical e tentativa de novas combinações floresce um disco maduro e talentoso, com tanto de sedução como de interrogação, pouco dado a picos de intensidade, mas sempre envolto numa fina e adornada película de patchwork sensorial, cujo potencial criativo torna inevitável a nossa rendição ao talento dos Tells.

     
Temas   1 What Does Your Angel Do
2 Grey Stones
3 Boot Dust Clouds
4 Cicadas
5 Falling
6 Manalitos Disguise
7 Colourful Sounds Of You
8 Hope Your Wounds Heal
9 Their Chimes Are Our Undoing
10 Both The Eyes Open
     
   
Artistas / grupos relacionados   - Delicate Awol
     
www.rum.pt www.sensoria.pt