A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Gallon Drunk
Título: The Rotten Mile
Ano: 2007
Editora: Fred Label
Formato: CD

Coloquemos de imediato os pontos nos ii: os Gallon Drunk não faziam um disco do quilate de «The Rotten Mile» desde o luxuriante e noctívago «From the Heart of Town», de 1993. E em muitos aspectos é muito provável que este retorno aos discos de energia visceral ultrapasse mesmo aquele que foi, até este momento, o marco mais importanta na carreira do grupo de James Johnston. O que significa que temos candidato a ombrear com os melhores discos de rock do ano da graça de 2007.

Depois dos relativamente falhados «Black Milk» (2000) e «Fire Music» (2002), e de muitas mexidas no line-up original do grupo, «The Rotten Mile» traz-nos de volta uns Gallon Drunk abrasivos, com a sua música feita de excessos, gutural, física e urgente, a recuperar o alto volume e o suor enérgico que lhe valeu a aclamação pela crítica na primeira metade dos anos 90, cativada sem reservas pelo seu swamp-rock.

Curiosamente, este período de recuperação do fulgor criativo, acompanhado por uma hábil capacidade de fuga à repetição e ao lugar comum, sucede quase como corolário da tomada, por Johnston, de um lugar cativo nos Bad Seeds de Nick Cave, para onde carregou consigo o vibrante som de órgão dos Gallon Drunk, e das deambulações cruas dos ...Bender, projecto que divide com sua mulher, Geraldine Swaine, e com Steve Gullick. Essa partilha das responsabilidades musicais em projectos paralelos parece tê-lo libertado para a recuperação de uma linguagem própria dos Gallon Drunk, em estreito contacto com os sopros de Terry Edwards, que são autênticos torpedos lançados a alta-velocidade por cima das malhas energéticas libertadas por um conjunto instrumetal clássico de guitarras (em distorção flamejante), baixo (em estado de alienação percussiva) e bateria (em rasgadas punções de hi-hats e tarolas). Em cima de tudo isso, Johnston expele erupções uivantes e a energia fulminante dos seus teclados.

«The Rotten Mile» é, assim, um disco em que o rock, o blues e o gospel, descrevem trajectos simultâneos em roda-livre, em que o punk fornece a falta de regra, e em que a espontaneidade parece carregar consigo o suor do palco. É o esplendor celebratório da alienação nocturna e dos seus excessos, em que os Gallon Drunk exercem o seu papel de mercenários em busca urgente de um refúgio capaz de os acolher madrugada-alta, para aí se abastecerem de doses abastadas de álcool e fumos, escuridão e néons, sempre com o nevoeiro da sua Londres como cenário de fundo.

Altamente recomendável!

     
Temas   1. The Rotten Mile
2. Give Me Back What's Mine
3. Down at the Harbour
4. Put the Bolt in the Door
5. Grand Union Canal
6. On Ward 10
7. Running Out of Time
8. Bad Servant
9. Night Panic Bossa
10. Christmas
11. All Hands Lost at Sea
12. The Shadow of Your Smile
     
Outros discos do mesmo artista / grupo   - Tonite... The Singles Bar | CD | 1991
- Bedlam [single] | CDS | 1992
- You, The Night... And The Music | CD | 1992
- Dora Suarez | CD | 1993
- From The Heart Of Town | 2CD | 1993
- In The Long Still Night | CD | 1996
- Black Milk | CD | 2000
- Things Will Change EP | CDS | 2001
- Bear Me Away | 2CD | 2002
- Fire Music | CD | 2002
- Grand Union Canal | CDS | 2007
- A Thousand Years [single] | Digital | 2012
- You Made Me [single] | CDS | 2012
- The Road Gets Darker From Here | CD | 2012
- The Soul Of The Hour | Digital | 2014
   
Artistas / grupos relacionados   - Bender
- Big Sexy Noise
- Flaming Stars
- Gallon Drunk / Breed
- Stereolab
- Tindersticks
     
www.rum.pt www.sensoria.pt