A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Thee Silver Mt. Zion Memorial Orchestra and Tra-la-la Band
Título: 13 Blues for Thirteen Moons
Ano: 2008
Editora: Constellation
Formato: CD
Obs: Distribuído por Sabotage

Aos primeiros acordes de «13 Blues For Thirteen Moons», passados os iniciais apontamentos de feedback que em alguns segundos nos colocam todos os sentidos em alerta, percebemos com estrondo o quanto já sentíamos a falta da música dos Thee Silver Mt Zion Memorial Orchestra & Tra-La-La Band, e o quão áridamente longo se tornou o período de 3 anos desde «Horses In The Sky» (2005).

O numeroso colectivo canadiano, liderado por Efrim Menuck (dos GY!BE - de onde provêem ainda mais dois membros), faz da sua música um apelo urgente e psicótico para que acompanhemos e nos envolvamos com as suas longas cavalgadas épicas, feitas de tensão e acalmia. Em apenas 4 composições (refira-se que a terminologia tema ou canção se revelaria desajustada), mas que no seu conjunto perfazem uma hora de intensidade dramática feita música de cortar a respiração, as sinuosas figuras projectadas a vermelho-fogo pelos Silver Mt Zion cativam pela sucessão de explosões catárticas e susurros minimalistas, buscando no post-rock a trama de fundo para um crescimento muito mais abrangente do que aquele (ou qualquer outro) rótulo deixaria supor. A constante fúria que é jogada nas duas guitarras e seus feedbacks, na impetuosidade quase ameaçadora de dois violinos electrificados e electrizantes, no registo desesperado da voz melancólica de Menuck e na inventividade bombástica dos carrocéis rítmicos desenhados pela bateria, esbarra no contraponto afectuoso das notas de um violãocelo e na geometria articulada de um saturado som de contrabaixo.

Construído com base no contrastante leque de sons produzidos por uma energia cândida mas ruidosa, herdeira do desespero gritante do punk-rock e de uma visão clássica e melodicamente envolvente dos ofícios de composição, «13 Blues For Thirteen Moons» é um torniquete gigante de desespero e esperança, que nos abre os portões da dimensão íntima de um colectivo que, por ser tão numeroso, acaba por ser também um espelho da súplica emitida por uma civilização em fim de linha, à espera de um apocalipse que sucessivamente se anuncia, mas que, a cada novo vento de tribalização pós-moderna, parece querer dar mostras de se adiar.

     
Temas   1. "(untitled)" - 0:05
2. "(untitled)" - 0:04
3. "(untitled)" - 0:04
4. "(untitled)" - 0:05
5. "(untitled)" - 0:06
6. "(untitled)" - 0:05
7. "(untitled)" - 0:06
8. "(untitled)" - 0:06
9. "(untitled)" - 0:06
10. "(untitled)" - 0:07
11. "(untitled)" - 0:07
12. "(untitled)" - 0:11
13. "1,000,000 Died to Make This Sound" - 14:42
14. "13 Blues for Thirteen Moons" - 16:45
15. "Black Waters Blowed/Engine Broke Blues" - 13:05
16. "BlindBlindBlind" - 13:17
     
Outros discos do mesmo artista / grupo   - Born Into Trouble As The Sparks FlyUpward | CD | 2001
- Pretty Little Lightening Paw | CD | 2004
- Kollaps Tradixionales | CD | 2010
- Ruined City Birdsong Combos | Digital | 2012
- Thee Silver Mt. Zion Memorial Orchestra - ... | Digital | 2014
- Fuck Off Get Free We Pour Light On Everything | Digital | 2014
   
Artistas / grupos relacionados   - Godspeed You Black Emperor
- Pink Mountaintops
- Thee Silver Mountain Reveries
     
www.rum.pt www.sensoria.pt