A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Slowcream
Título: Wax On Wool
Ano: 2009
Editora: Nonine
Formato: CD

A prolífica e multifacetada veia criativa de Me Raabenstein, pintor, realizador e músico berlinense ligado à experimentação, tem vindo a ganhar notoriedade e a ajudar-nos a descobrir algumas das saídas mais inventivas para o labirinto que, em alguns quadrantes, a composição electrónica se deixou enredar.

A sua expressão musical materializa-se em inúmeros projectos: Me Raabenstein, Langer & Raabenstein, Heurtebises, Kaisen, Lagerfeltz, Nailsea, Patron and Patron, Pepper and Bones, Rael, Sqaramouche, Taub, The She Hero e, naturalmente, Slowcream, que oferece em «Wax On Wool» o segundo longa-duração, em edição digital-only. Olhado no seu conjunto, este numeroso espaço de configuração musical que resulta da colaboração de Me Raabenstein com outros músicos e artistas - e que se reinventa a cada nova parceria - constitui o essencial da proposta estética da editora dirigida pelo berlinense, a Nonine, e abre um amplo túnel de ar para que a música electrónica, nas suas quase incontáveis variações, possa respirar novidade.

No caso concreto dos Slowcream, «Wax On Wool» representa um passo em frente no percurso iniciado com «Live Long and Prosper», um disco que em 2008 traçava uma linha paralela entre a reequação clássica da composição e a tecnologia digital.

Com este modo de operar, Me Raabenstein explora diversas possibilidades de juntar elementos tradicionais de articulação musical e suas estruturas anexas, com a facilidade aleatória de as subverter digitalmente, usando ritmos desestruturados com ambientes volúveis envoltos em nébulas cinza. As vozes, em registo discursivo que busca a fuga a qualquer familiaridade com o canto, surgem como uma espécie de relator social, com o fantasma de William Burroughs a assombrar a tonalidade. Ao mesmo tempo, esta música exala aconchego e estranheza, com contrastes acentuados entre texturas e melodias, elementos fugazes que acentuam a espontaneidade omnipresente, ruídos ambientais e pontos de fuga longínquos, com sons de vibrafone e contrabaixo a delinearem, aqui e ali, uma nova ordem, ou ainda, em diversos momentos, secções orquestrais a emprestarem uma envolvência épica que tornam «Wax On Wool» um disco refinado, ao qual apetece voltar constantemente.

Com esta edição, Slowcream sabe reafirmar-se como um projecto com ideias próprias e com vontade de criar uma música muito sua, que se mantém nas margens da experimentação, mas que adquire uma personalidade única e define um estilo à parte, simultaneamente bizarro e familiar, que aposta nos contrastes entre o acolhimento assombrado e o desconforto da tragédia, em sequências densas de entretenimento musical e estímulo racional.

     
Temas   01 punch indigo
02 into butter
03 in the cave
04 mild mountains
05 luck of the north
06 on carpets
07 wanderlust
08 gwynplaine’s hill
09 asymetric herding
10 creamin’ over
11 sacred knots
     
Outros discos do mesmo artista / grupo   - Live Long And Prosper | CD | 2008
- And | CD | 2009
- River Of Flesh | Digital | 2010
- Music For Paintings #1: Francis Bacon | Digital | 2012
- Map | Digital | 2013
   
Artistas / grupos relacionados   - Pepper and Bones
- Taub
     
www.rum.pt www.sensoria.pt