A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Amaya Laucirica
Título: Sugar Lights
Ano: 2009
Editora: Infidelity Records
Formato: CD

Ouvindo cuidadosamente o disco de estreia de Amaya Laucirica, «Sugar Lights», nada encontramos de esteticamente novo nem de estruturalmente inovador, mas mergulhamos num imensao oceano de sensibilidade e melancolia que fazem deste um disco apaixonante e especial.

Há em «Sugar Lights» remeniscências rurais dos primeiros anos de Amaya (filha de pai Basco, o que justifica o seu nome), nascida e criada no bucolismo contemplativo de Millicent, no Sul da Austrália. Mas pressente-se também a inquietação de quem aos 18 anos se decidiu por uma mudança para a agitação de Sydney, para estudar design, e aí encontrou a solidão em trajes urbanos. Ao mesmo tempo que desenvolveu capacidades criativas, amadureceu o gosto pela composição musical que, de simples regaço para a ajudar a esquecer o isolamento se foi tornando na sua linha de horizonte, a ponto de impulsionar nova mudança. Desta vez para a musicalmente vibrante Melbourne, onde veio a gerar este seu álbum de estreia, submergindo a sua música numa atmosfera decididamente mais pop, mas nem por isso mais eufórica.

É este estado de isolamento em busca de conforto que percorre cada acorde saído da guitarra de Amaya Laucirica e amargurece a sua bela voz nostálgica, que se encontra no cruzamento de planos entre a distância mitológica de Nico e a ternura morna de Hope Sandoval, enquanto as melodias vão subtilmente conquistando espaços cada vez mais amplos e um lugar de aspirante ao olimpo das trovas indie, com as suas texturas simples e singelas infusões harmónicas, tecidas por arranjos esbeltos que proporcionam demorados e ternos abraços a quem se abandona por tempo suficiente e dedicado às suas quentes espirais sonoras.

«Sugar Lights» é um disco doce e acolhedor, envolvente e esotérico, apaixonante e confortável. O que transforma num acto criativo notável a estreia de Amaya Laucirica. Que seja capaz de na sua evolução próxima se manter assim, límpida e emocionalmente relevante! Se assim for, podemos estar perante um caso sério...

     
Temas   1. You’ve Got A Smile
2. If You Look Now
3. Lost and Found
4. Sugar Lights
5. Dust
6. Not Of The Same Kind
7. Two Stones
8. Waiting For You
9. Slow Down
10. If We Kept Driving
     
     
www.rum.pt www.sensoria.pt