A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Get Back Guinozzi
Título: Carpet Madness
Ano: 2009
Editora: Fat Cat
Formato: CD

Há pouco de convencional em «Carpet Madness», a primeira proposta discográfica do projecto Get Back Guinozzi, cujo núcleo criativo essencial é a dupla francesa Èglantine Gouzi (que já conhecíamos da colecção «4 Women No Cry - Volume 1») e Frédéric Landini.

Elaborado à distância, uma vez que Gouzi vive em Londres e Landini no sul de França, e reunindo contributos de mais três músicos distribuídos por aquelas duas localizações, «Carpet Madness» é um pot-pourri intensamente perfumado com diferentes aromas pop em que a principal marca unificadora é a ondulante esquizofrenia do registo vocal assumido por Gouzi, que se metamorfoseia em diferentes personagens de tema para tema.

Neste vaso colorido cabem também, com igual importância, rasgos de tropicalismo capturados fugazmente por evocações de lugares distantes, ritmos quentes que trazem no regaço um imaginário africano feito de danças colectivas, uma impressão estival marcada por remeniscências reggeae, uma desleixada estética lo-fi que coloca a inspiração uns lugares acima da transpiração, a bizarria estrutural que aparentemente não segue regras estabelecidas nem se assusta com a fuga a convenções, e uma aparente anarquia fragmentária que se acotovela com a impetuosidade do pós-punk.

Daqui resulta um disco estranho, na sua abordagem musical nada comum, e absorvente, na atenção que exige a quem encontra na diferença o estímulo à busca de propostas que fujam às correntes musicais mais estabelecidas. Mas ao mesmo tempo é um registo tocado por uma certa inocência de quem segue os seus instintos sem medo do ridículo ou sem o calculismo que aprisiona movimentos espontâneos de manifestação artística.

Projectado por toda esta liberdade e gozo criativo que impulsionam os Get Back Guinozzi, «Carpet Madness» é um óptimo disco de estreia de um grupo que parece prognosticar ainda mais do que aquilo que aqui deixa entrever. Uma interessante promessa à espera de uma lapidação mais fina e que, por isso, parece aguardar no limbo um desejável e possível salto para o panteão dos inolvidáveis.

     
Temas   Where Are You?
Personal Lodger
Low Files Tropical
Go Back To school
Carpet Madness
I Don`t Want To Sleep Alone
L.A.
Police and Thieves
Baby Baby
Jungely
Sick
King`s Song
     
     
www.rum.pt www.sensoria.pt