A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Teho Teardo
Título: Soundtrack Work 2004-2008
Ano: 2010
Editora: Expanding Records
Formato: CD

Se o nome de Teho Teardo poderá ser desconhecido para boa parte do público, para o melómeno mais atento certamente que fará soar campaínhas em catadupa, pois trata-se de um músico, produtor e compositor italianos de créditos firmados no seio da comunidade arty. Na sua carreira são inúmeros os projectos que importa destacar, num currículo que é já invejável.

Começou no final dos anos 80 com um projecto muito seu, MTT (que corresponde simplesmente às iniciais de Mauro Teho Teardo), com o qual colaborou com os Nurse With Wound e os Ramleh, artistas muito conotados com a cena folk experimental e tribal. Depois disso impulsionou os Meathead para uma carreira de quatro álbuns, que terminou no momento em que Teho se mudou para Birmingham, onde fundou os Matera, juntamente com Mick Harris (Napalm Death, Scorn). Foram esses os seus tempos mais radicais, em que as cambiantes mais grotescas e enérgicas do metal lhe proporcionaram uma impressionante experiência sónica, mas que durou apenas um ano. Foi já em Nova Iorque que criou os Here, com Jim Filer Colemen (Cop Shoot Cop), projecto que deixou apenas um álbum, «Brooklyn Bank», mas que foi o suficiente para expandir as noções de rock áspero para coordenadas mais industriais, marcando uma sonoridade muito expressiva e peculiar. Na grande cidade começoutambém uma colaboração próxima e duradoura com Lydia Lunch e, mais tarde, com o consagrado violaocelista de jazz Erik Friedlander (ligado aos Masada de John Zorn). Nesta altura, Teho é uma das metades dos Modern Institute, cujo único álbum, de 2002, o viu mergulhar em definitivo nas delícias e possibilidades de electrónica. Mas também mantém activos os Operator, com Scott McCloud (Girls vs Boys), com os quais retomou a linhagem rock da qual se tinha afastado durante alguns anos.

A todas estas movimentações musicais, sempre em patamares de destaque, soma-se ainda um conjunto largo de composições para filmes e instalações, que agora se vêm resumidas em «Soundtrack Works 2004-2008». Um disco muito incentivado pelo prémio que lhe foi entregue em mãos por Ennio Morricone, que significou a consagração de Teho Teardo como compositor de bandas sonoras, no Italia Film Festival.

O que aqui podemos escutar são composições instrumentais, cada uma com um poder narrativo intrínseco muito vincado, funcionando autonomamente sem as imagens dos filmes a que se destinaram. Isto porque a busca de originalidade sempre presente na obra de Teardo o leva a buscar formas inventivas de composição, que são ao mesmo tempo afáveis e estimulantes, o que faz deste disco uma inspirada viagem musical por diferentes territórios e contextos, que só é interrompida, 77 minutos depois de começar, com o final do último tema, suplicando com urgência pela próxima audição.

     
Temas   La Ragazza del Lago:
1. Ciuspi
2. Dax
3. Garampo


Il Passato è una Terra Straniera:
4. Brake
5. Dentro
6. E'passato
7. Ti pare felice?
8. How you disappeared
9. Perche proprio io?
10. Port Something


Il Divo:
11. Il Cappotto che mi ha regalato Saddam
12. Che Cosa Ricordare di lei?
13. Triple Kiss
14. I miei vecchi elettori
15. Fissa lo sguardo


L'Amico di Famielia:
16. Il mio ultimo pensiero
17. Miss agropontino
18. Sarà per Voi
19. Ma secondo te siamo amici noi?
20. Geremia Spara
21. Ricordi
22. Opzione Macro



Lavorare con Lentezza:
23. Con molta calma
24. Munifried
25. Tensione
     
Outros discos do mesmo artista / grupo   - Voyage Au Bout de la Nuit | 7" | 2009
- Music, Film. Music. | CD | 2012
   
Artistas / grupos relacionados   - Cop Shoot Cop
- Erik Friedlander + Teho Teardo
- Here
- Jim Coleman
- Lydia Lunch
- Modern Institute
- Teho Teardo + Blixa Bargeld
- Teho Teardo + JG Thirlwell
     
www.rum.pt www.sensoria.pt