A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Evil Madness
Título: Super Great Love
Ano: 2011
Editora: Mego
Formato: CD

Com um nome que pouco deixa adivinhar acerca da sua sonoridade electrónica plástica - qualquer coisa como um namoro proibido entre os Kraftwork e os Venetian Snares - este colectivo é uma verdadeira constelação de músicos ligados à electrónica islandesa, com BJ Nilsson a ser a única excepção a essa regra de nacionalidade. A ele se juntam Petur Eyvindsson, Johann Johannsson, Sigtryggur Berg Sigmarsson (Siggi) e Helgi Thorsson, para completar uma mão cheia carregada de experiência nestes domínios e de talentos vários.

É esta espécie de ensemble que se entrega a devaneios cósmicos, de cavalgadas evocativas de filmes de acção sci-fi, com os sintetizadores a ocupar sempre o centro do espectro e a batida a incitar permanentemente à agitação.

Em «Super Great Love» os Evil Madness conseguem ser incitadores não-conformistas, fazer um uso inteligente do humor, evitar a repetição de fórmulas, criar melodias que agarram do primeiro ao último segundo, explorar aqui e ali um pouco de territórios virgem, vaguear entre o prazer hedonista e a introspecção irrequieta e, ainda assim, manter um lugar de destaque na estética avant-garde que os define.

O que, diga-se, não é pouco para um disco que não estando imerso em novidade, faz da competência em usar materiais conhecidos a sua principal fonte de saudável energia.

     
Temas   1. Divine Sensual Love Fantasy (2:40)
2. Sexy Feeling All Year Long (3:53)
3. Exciting Night Games (2:40)
4. Isabelle Adjani (5:26)
5. Café Eindhoven (2:21)
6. Brúðubíllinn (5:32)
7. Maxim's Goldfinger (11:15)
8. Hunk of a Man (4:52)
9. Stundin Okkar ( 4:03)
     
   
Artistas / grupos relacionados   - Jóhann Jóhannsson
- Sigtryggur Berg Sigmarsson
     
www.rum.pt www.sensoria.pt