A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Radian vs Howe Gelb
Título: Radian verses Howe Gelb
Ano: 2014
Editora: Radian Releases
Formato: Digital

Ao primeiro impacto com a música dos Radian, Howe Gelb descreveu-a como molecular music: algo que se desenhava nos espaços em branco que aconteciam enquanto pairavam em suspensão os silêncios e a texturização formal e rítmica do trio de Viena. A este cenário junta-se agora a paisagem quente do deserto trazido pela voz e instrumentação acústica de Gelb, gerando um disco de elevada capacidade de atracção.

O que se ouve em «Radian verses Howe Gelb» é a gestação de uma linguagem abrangente, unindo pontas aparentemente inconciliáveis agora entrelaçadas num todo pleno de sentido. Ao perfeccionismo formal dos Radian, que tudo parecem delimitar em estruturas formais super-precisas, no seio de esquemas de composição que tanto se aparentam à sound-art como à arquitectura de interiores do post-rock, surge Howe Gelb a introduzir o elemento imprevisível e imperfeito, como toda a sua música o é para se tornar intensamente humana.

E, por isso, aqui se cruzam a complexidade de camadas de som assentes na objectivação rítmica extrema, a microscópica inclusão de field recordings a surgir algoritmicamente colocadas em momentos pensados até ao limite, e o conforto acústico de uma instrumentação quase anárquica, a baralhar muita da estruturação hermética que lhe dá chão, superimposta ainda por uma voz que nada tem de especial a não ser um timbre profundamente acolhedor e íntimo, capaz de operar as palavras como quem abraça os afectos por dentro e, desajeitada mas profundamente, consegue cativar a fundo os nossos ouvidos.
Um disco de opostos, como toda a nossa vida, e por isso um disco epidérmico.

     
   
Artistas / grupos relacionados   - Howe Gelb
- Radian
     
www.rum.pt www.sensoria.pt