A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Phoebe Killdeer & The Shift
Título: The Piano's Playing The Devils Tune
Ano: 2016
Editora: Altin Village and Mine
Formato: Digital

«The Piano's Playing the Devils Tune» representa um recomeço da carreira da australiana Phoebe Killdeer, que nasceu em França e, ainda antes de, em 2014, ter conhecido o êxito internacional com «Fade Out Lines», um tema retrabalhado com o produtor house The Avener, fez parte dos Nouvelle Vague, com os quais gravou «Bande À Part», o seu segundo álbum.

Recentemente mudada para Berlim, Killdeer encontrou em Thomas Mahmoud-Zahl e Ole Wulfers os conspiradores ideais para operar uma clara mudança de direcção musical, na qual a cor dominante passou a ser o negro. E a estratégia de compor canções com influência do rock clássico e dos blues foi abandonada, seguindo agora uma orientação dominada pela experimentação e pelo afastamento do formato canção.

E este seu novo disco é, a vários níveis, simultaneamente desafiante e perturbador. Tudo se passa numa linha sonora abstracta, jogada entre sombras rítmicas e insinuações sonoras texturadas, num constante diálogo entre instrumentos pouco definidos mas que criam um espaço amplo de experimentação e liberdade. Neste cenário, entra em cena a voz da actriz Maria de Medeiros que, entre os traços deixados em aberto pelos fragmentos de noise, música concreta ou free-jazz, consegue criar um profundo sentido de intimidade com o ouvinte, também ameaçado pela presença vocal grave de Killdeer, fazendo assim contraponto.

Nesta constante ambiência de aparentes acasos sónicos e de um acolhimento intimista de traços melódicos desfocados, «The Piano's Playing the Devils Tune» é um disco do diabo!

     
   
Artistas / grupos relacionados   - Phoebe Killdeer & The Short Straws
     
www.rum.pt www.sensoria.pt