A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Whitney
Título: Light Upon the Lake
Ano: 2016
Editora: Secretly Canadian
Formato: Digital

Em 2014, Max Kakacek, apanhado pelo fim dos Smith Westerns, decidiu juntar-se a Julien Ehrlich, que antes tinha abandonado a bateria dos Unknown Mortal Orchestra, para formar os Whitney, grupo do qual são o núcleo duro e os compositores, ficando as partes vocais a cargo de Ehrlich.

A primeira ideia que resulta da audição atenta de «Light Upon the Lake» é a de que se trata de uma música tipicamente indie-guitar-pop, mas com um requinte vintage e um toque de soul que lhe confere um élan majestoso e uma aura etérea, com os seus sons de guitarra, órgãos, coros, alguns instrumentos de sopro e a magia de um piano, enquanto que, aqui e ali, o falseto de Ehrlich faz pensar numa versão para o século XXI de uns Beach Boys sem a euforia surf ou na reencarnação de George Harrison na pele dos Girls.

O que encontramos neste excelente álbum de estreia dos Whitney é um conjunto de dez magníficas canções, que ecoam na mente muito para além do tempo de escuta, e que, na sua simplicidade formal, conquistam com estrondo um lugar especial em todos quantos percebem o quanto este disco reúne em si mesmo tanta da história da pop e, apesar disso, consegue evitar com mestria qualquer acusação de mera cópia dos clássicos estabelecidos.

     
   
Artistas / grupos relacionados   - Smith Westerns
- Unknown Mortal Orchestra
     
www.rum.pt www.sensoria.pt