A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: By The Waterhole
Título: Two
Ano: 2016
Editora: Playdate
Formato: Digital

Não será propriamento o título mais imaginativo para um segundo disco, mas a música que se revela em «Two», audição após audição, desmente a eventual preguiça revelada no seu baptismo e leva-nos a entrar num mundo fascinante de sons e emoções: o mundo de By The Waterhole!

Na criação deste conto de fábulas musical - denso, dramático, misterioso e capaz de alternar ambientes de arrepio gélido com o mais acolhedor dos recantos - encontramos Eva Pfitzenmaier que, tendo nascido na alemanha, parece ter encontrado nos contos tradicionais da noruega, país onde vive, o mote certeiro para introduzir uma expressividade narrativa intensa e misteriosa, herdeira dos contos de neve, gnomos, fogo, magia e mistério que provêm daquele recanto da província escandinava.

Há em «Two» um minimalismo intenso, baseado na ideia de loop, que cria a tela escura na qual são desenhadas personagens, vultos apenas, saídas de teclados sobrepostos em frases melódicas candentes, percussões acústicas singulares, quase tribais e seguramente primárias, que emprestam a cada canção o lamento dorido que também encontramos nos blues, mas agora desprovido do suor dos campos de açucar, mas cobertos pela branquidão solitária dos horizontes tingidos a neve.

Deste aglomerado hipnótico de elementos de sublime fragilidade, By The Waterhole arrancam momentos de intenso ecletismo, fazendo deste um disco cativante e incandescente, cujo reflexo provoca, de modo inevitável, um indesmentível brilho no olhar de quem o escuta.

     
     
www.rum.pt www.sensoria.pt