A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Group Zero
Título: Structures and Light
Ano: 2017
Editora: Touch Sensitive Records
Formato: Digital

Group Zero, o alter-ego musical do norte-irlandês Cathal Cully, nasceu por inspiração de «Pyramid Of Light», uma escultura de vidro, folha metálica e madeira de autoria do artista alemão Heinz Mack, um dos principais impulsionadores de um movimento artístico fundado em 1957, em Dusseldorf, e que ficou conhecido por... Group Zero.

Para aquele músico, o fascínio nasceu da relação directa que se estabeleceu entre ele, a luz e aquele objecto físico - a tal «Pyramid Of Light» - que fazia da parede a sua morada. E compreende-se, melhor, por este prisma, a música que se escuta em «Structures and Light», a estreia deste projecto de Cully. Porque é do minimalismo aparente que se desprende, consoante o ângulo de observação, uma infinidade de pequenos detalhes, relflexo, eles próprios, da atmosfera circundante, como se a obre precisasse de um contexto e de um observador para se poder consumar.

Daí que a simplicidade estrutural de todos os temas que aqui encontramos, baseados na repetição e em alguma claustrofobia rítmica, de síntese electrónica, se complexificam nas suas camadas não evidentes, reveladas apenas por escutas mais atentas aos pormenores. E, desse modo, se descobrem emoções intensas, anacrónicas, que absorvem da tradição pós-punk e pós-industrial uma estética austera, mas visceral, que, à vez, obscurece e distorce os aparentes reflexos de sonoridades que remetem para as sombras do início dos anos '80, quando o sintetizador tomou as rédeas da estética DIY e exerceu um fascínio intenso do qual ainda hoje persistem as marcas em peças esplendorosas, como é o caso deste «Structures and Light».

     
     
www.rum.pt www.sensoria.pt