A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Hexenschuss
Título: Gobbledegook
Ano: 2017
Editora: Ed. Autor
Formato: Digital

Se fizermos o exercício de escalpelizar a fundo a música que os Hexenschuss nos põem à disposição em «Gobbledegook» encontramos uma míriade de pequenos fragmentos incendiários, cuja génese parece ser toda e qualquer elaboração estética radical dos últimos 30 anos, envolvida de um modo perfeito numa cápsula electrónica que funciona como uma máquina do tempo, capaz de tudo concentrar no instante presente.

Partindo do cruzamento de dois eixos principais, o mimetismo orgânico e complexo dos sons da bateria e a capacidade transformacionista de teclados obtusos, a música dos Hexenschuss está constantemente em busca de novas fronteiras, com a certeza hipnótica que não há formas definidas incapazes de serem decompostas e com a fé inabalável na capacidade elevatória das estruturas repetitivas, às quais são constantemente arremessados elementos rugosos em suspensão.

Daí que nada em «Gobbledegook» seja de interprtetação linear, nem encontramos nenhum som que seja cristalino. Pelo contrário, somos confrontados com sonoridades  enrugadas por uma atitude de fundo que tudo deve ao punk e sujas por uma vontade de proporcionar texturas experimentais que não permitem uma leitura única, antes explodindo em múltiplos géneros e em paletes sonoras multicromáticas. Ou seja, os Hexenschuss arremessam-nos com um disco entusiasmante, ao qual é difícil ficar indiferente.

     
     
www.rum.pt www.sensoria.pt