A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | 0-9
Disco    
   

Grupo: Colin Self
Título: Siblings
Ano: 2018
Editora: RVNG Intl.
Formato: Digital

Se «Elation», em 2015, foi o primeiro passo na fixação em suporte digital (no caso uma pen USB) da música criada pelo coreógrafo Colin Self em nome próprio - para além da sua colaboração na banda de palco de Holly Herndon - «Siblings» é assumido como o sexto andamento daquela que foi criada como uma ópera em seis atos e pode ser olhado como sendo, de facto, o seu primeiro álbum, na medida em que assume um formato físico tradiconal, no caso o vinil, e propõe um conjunto de canções atravessado por uma ideia unificadora.

Este fio condutor é a obra de Donna Haraway que inspira as composições de Self, complementado pela experiência alargada do projeto XHOIR que consiste num conjunto permanente de workshops vocais de canto e escuta, pelo qual o músico é responsável.

A música de «Siblings» é, também ela, transgénero, assimilando uma míriade interminável de influências e tendo a fragmentação e a reconstrução de formato de colagem na sua essência. São patchworks sonoros diversos mas sempre com sentido melódico e vocal apurados, mesmo nas faixas mais dominadas pelo impulso rítmico e em que a técnica parece querer impor-se à estética.

No seu conjunto, «Siblings» evoca um lugar de ninguém, preenchido agora por ecos e traços dispersos, mas que completam belas ilustrações feitas música e desenham, com técnica e estética apurada, silhuetas que tanto têm de familiar como de desconhecido. O que constitui um sonoro convite à descoberta!

     
   
Artistas / grupos relacionados   - Holly Herndon
     
www.rum.pt www.sensoria.pt